Home / Humor / A crônica do Mahl : Já que não tem tu vai eu mesmo

A crônica do Mahl : Já que não tem tu vai eu mesmo

Mahl Krônico

– Já que é para o bem de todos e felicidade geral da nação, digo ao povo e ao resto que sou candidato a presidente do Brasil (Sorry Dom Pedroca, mas se contigo deu certo porque não comigo?).

Lém disso, candidato-me premido pela minha mãe, que não güenta (como vêem eu ainda uso trema) me ver em casa sem fazer nothing.

Saio (candidato) pelo Partido da Rua, aquele em que todo mundo sua : “Juntos chegaremos lá, mas só eu ficarei para o jantar”.

Candidatos a vice, se a Ivete Sangalo recusar, e ministros apresentem-se com os devidos presentes pelo e.mail: esteépresidentemahlkrônico@yahoo.com.br .

O Caixa 2, a gente combina depois.

Logo divulgarei neste mesmo espaço e no sideral a minha plataforma que vai botar no chinelo a Sabrina Sato.

Este, este, este – Mahl Krônico é um cabra da peste (slogan da campanha no Nordeste)

Nota da Redação MI : Este jornal virtual faz questão de aqui   afirmar que não tem nenhum compromisso com a candidatura deste doido varrido.

Sobre Zulcy Borges de Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *